O senhor é meu pastor e nada me faltará...


anjos - Recados Para Orkut

"Educar com amor".

"Educar com amor".

Um cantinho especial para uma boa e agradável conversa!!!

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

"Estilos de Aprendizagem" Tire suas dúvidas..


Observe as crianças brincando, interagindo, e aprendendo e uma coisa vai ficar muito clara. Algumas crianças gostam de aprender as coisas de um certo modo enquanto que outras se sentirão mais confortáveis aprendendo a mesma, mas de uma maneira totalmente diferente.Essa "maneira" individual pela qual a criança prefere aprender é, na essência, o Estilo de Aprendizagem dela.Por exemplo: As Crianças que gostam que leiam histórias para elas podem ter um Estilo de Aprendizagem diferente daquelas que preferem brincar com Blocos de Construção (tipo Lego), ou Cantar músicas, ou simplesmente Brincar com as outras crianças. Assim, conhecendo que tipo de abordagem é a mais adequada para seu filho ou aluno, vai ficar muito mais fácil para você criar experiências educacionais muito mais eficazes, divertidas e ainda fazer desse processo um ato de prazer.

O Que é um Estilo de Aprendizagem?

Um Estilo de Aprendizagem é um método que uma pessoa usa para adquirir conhecimento. Cada indivíduo aprende do seu modo pessoal e único. Um Estilo de Aprendizagem não é o que a pessoa aprende e sim o modo como ela se comporta durante o aprendizado. Só lembrando, Estilos de Aprendizagem ajudam a explicar porque uma criança pode aprender a dizer todo alfabeto após ler um livro de alfabetização, enquanto que outras podem aprender a mesma coisa brincando com Blocos de Construção que tenham letras, e ainda outras podem aprender o mesmo cantando músicas como a Canção do ABC.

Atualmente, existem pelo menos Sete Estilos de Aprendizagem identificados:
Físico (indivíduo que usa muito a expressão corporal)
Interpessoal (indivíduo extrovertido)
Intrapessoal (indivíduo introspectivo)
Linguístico (aqueles que se expressam melhor com palavras)
Matemático (os que usam mais o pensamento/raciocínio lógico)
Musical (se interessam mais por sons e música)
Visual (exploram mais o aspecto visual das coisas)

Como São usados os Estilos de Aprendizagem?

Para exemplificar melhor, conhecendo o Estilo de Aprendizagem da criança você, ou o professor dela, estarão aptos a criarem programas educacionais que serão mais personalizados, mais motivantes e significativos no que diz respeito a eficácia e assim com resultados muito melhores. Crianças adquirem conhecimento e absorvem o que aprenderam quando aquele assunto ou habilidade em jogo é ensinado a elas de um modo que há empatia entre a mesma e o tema abordado. Descobrir o Estilo de Aprendizagem da criança é descobrir como ensinar-lhe com mais eficiência e resultados.

Quem está usando os Estilos de Aprendizagem?

Professores tem usado o Conceito de Estilos de Aprendizagem por muitos anos. Enquanto nem todos os educadores usam o termo Estilos de Aprendizagem, muitos no campo da educação sabem que acontecem maravilhosas experiência educacionais, quando ensinam às crianças com uma boa variedade de abordagens diferenciadas. Eis porque existem tantas Canções, Jogos, Quebra-cabeças, Atividades e Livros disponíveis para ajudar a ensinar quase qualquer coisa. Não importa como a criança aprende melhor, existirão sempre recursos disponíveis para ajudar você a ensinar-lhe do modo mais adequado a ela.

Qual é a origem do conceito Estilos de Aprendizagem ?

Muitas teorias tem sido desenvolvidas nos campos da Educação e Psicologia para explicar como as pessoas pensam e aprendem. Um desses teóricos é o Dr. Howard Gardner, Psicólogo da Universidade de Harvard.

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE ESTILO DE APRENDIZAGEM.

Meus alunos podem ter mais de um Estilo de Aprendizagem?

Sim. Cada indivíduo está apto a usar todos estes diferentes métodos durante seu aprendizado, portanto todas as pessoas são capazes de usar todos os Estilos de Aprendizagem. No entanto, o mais comum é que a pessoa tenha um ou dois Estilos que trabalham melhor para ela quando estão aprendendo. Assim, há o Estilo primário (o dominante) e o secundário.

Se meu aluno é particularmente forte em uma área, isto que dizer que não posso ou não devo tentar um outro Estilo?

Para um resultado mais eficiente durante seu aprendizado, é recomendado uma abordagem em cima do Estilo de Aprendizagem predominante. Mesmo assim, as crianças deverão ter diferentes oportunidades para usar o Estilo dominante, como também para trabalhar no desenvolvimento de outros Estilos.

Se meu aluno é particularmente fraco em um Estilo isto quer dizer que devo ajudá-lo a fortalecer este Estilo?

Em primeiro lugar, ser "fraco" em um Estilo, não significa que a criança não tem a capacidade de aprender. Isto simplesmente quer dizer que algumas abordagens não serão muito eficientes para que a criança de adapte a este tópico, matéria, ou capacitação a qual ela está sendo submetida. Assim, a resposta a esta questão é a mesma da anterior. A criança deve ter diversas e diferentes oportunidades de exercitar o Estilo no qual ela é mais forte, como também ir trabalhando aos poucos em outros Estilos. Não há problema algum em tentar melhorar seu Estilo de Aprendizagem; no entanto para melhores resultados durante seu aprendizado e desenvolvimento pessoal, é recomendável uma atuação mais efetiva e direta em cima do Estilo predominante nela. Créditos: smecd pedagógico.

Nenhum comentário: