O senhor é meu pastor e nada me faltará...


anjos - Recados Para Orkut

"Educar com amor".

"Educar com amor".

Um cantinho especial para uma boa e agradável conversa!!!

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

"Pérolas de Nelson Mandela".


"Não é valente o que não tem medo, mas sim o que sabe dominá-lo." [Nelson Mandela]

"Democracia com fome, sem educação e saúde para a maioria, é uma concha vazia." [Nelson Mandela]

"Depois de escalar uma montanha muito alta, descobrimos que há muitas outras montanhas por escalar." [Nelson Mandela]

"Sonho com o dia em que todos levantar-se-ão e compreenderão que foram feitos para viverem como irmãos." [Nelson Mandela]

"Eu faço tudo isso em nome dos princípios morais, segundo os quais não podemos abandonar aqueles que nos ajudaram nos momentos mais sombrios da história do nosso país." [Nelson Mandela]

"Ainda há gente que não sabe, quando se levanta, de onde virá a próxima refeição e há crianças com fome que choram." [Nelson Mandela]

"Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender e, se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." [Nelson Mandela]

"A luta é minha vida." [Nelson Mandela]

"Se existe sonhos sobre uma bela África do Sul, há também estradas que levam a este objetivo. Duas destas estradas podem ser chamadas Bondade e Clemência. " [Nelson Mandela]

"Nunca, nunca e nunca de novo esta bela terra experimentará de novo a opressão de um sobre o outro." [Nelson Mandela]

"Cultivo minha própria liberdade carinhosamente, mas cuido ainda mais da nossa liberdade. Tantos têm morrido desde que deixei a prisão. Tantos têm sofrido pelo amor à liberdade. Devo isso às suas viúvas, aos seus órfãos, às suas mães e aos seus pais, que enlutaram e sofreram por eles." [Nelson Mandela]

"Sonho com uma Africa em paz consigo mesma." [Nelson Mandela]

"Quando deixamos nossa luz própria brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas permissão para fazer o mesmo." [Nelson Mandela]

"Será que alguém realmente pensa que eles não conseguiram o que queriam porque não tinham o talento ou a força ou a tolerância do comprometimento?" [Nelson Mandela]

"A educação é a mais poderosa arma pela qual se pode mudar o mundo." [Nelson Mandela]

"Comenta-se que ninguém de fato conhece uma nação até que se veja numa de suas prisões. Uma nação não deveria ser julgada pela forma que trata seus mais ilustres cidadãos, mas como trata os seus mais simplórios." [Nelson Mandela]

"Não há revelação mais aguçada do espírito de uma sociedade do que a forma pela qual ela trata seus filhos." [Nelson Mandela]

"Aprendi que a coragem não é a ausência do medo, mas o triunfo sobre ele. O homem corajoso não é aquele que não sente medo, mas o que conquista esse medo." [Nelson Mandela]

"Não há nada como retornar para um lugar que permanece inalterado para encontrar as formas pelas quais você mesmo mudou." [Nelson Mandela]

"Não há mais caminho fácil para a liberdade em lugar algum, e muitos de nós têm que atravessar o vale das sombras da morte de novo e de novo antes de alcançarmos o topo da montanha de nossos desejos." [Nelson Mandela]

"O dinheiro não vai gerar o sucesso, a liberdade para gerá-lo o fará." [Nelson Mandela]

"Uma boa cabeça e um bom coração são sempre uma formidável combinação." [Nelson Mandela]

"Se você falar com um homem numa linguagem que ele compreende, isso entra na cabeça dele. Se você falar com ele em sua própria liguagem, você atinge seu coração." [Nelson Mandela]

"Deixe a liberdade reinar. O sol nunca brilha tão glorioso como diante de uma conquista humana." [Nelson Mandela]
Nelson Mandela

Créditos: Pensador.info

"Nosso maior medo". (Nelson Mandela).


20 de novembro “Dia da consciência NEGRA”

“Nosso maior medo não é sermos inadequados. Nosso maior medo é não saber que nós somos poderosos, além do que podemos imaginar.
É a nossa luz, não nossa escuridão, que mais nos assusta. Nós nos perguntamos: “Quem sou eu para ser brilhante, lindo, talentoso, fabuloso?”.
Na verdade, quem é você para não ser? Você é um filho de Deus.
Você, pensando pequeno, não ajuda o mundo. Não há nenhuma bondade em você se diminuir, recuar para que os outros não se sintam inseguros ao seu redor.
Todos nós fomos feitos para brilhar, como as crianças brilham. Nós nascemos para manifestar a glória de Deus dentro de nós. Isso não ocorre somente em alguns de nós; mas em todos.
Enquanto permitimos que nossa luz brilhe, nós, inconscientemente, damos permissão a outros para fazerem o mesmo.
Quando nós nos libertamos do nosso próprio medo, nossa presença automaticamente libertará outros.”

By Nelson Mandela, no discurso de posse
como presidente da África do Sul.

Créditos:Pensador.info

Dia da Consciência Negra. Zumbi dos Palmares: Um herói brasileiro


História do Dia da Consciência Negra, cultura afro-brasileira, quem foi Zumbi dos Palmares.

História do Dia Nacional da Consciência Negra.


Esta data foi estabelecida pelo projeto lei número 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. Foi escolhida a data de 20 de novembro, pois foi neste dia, no ano de 1695, que morreu Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares.
A homenagem a Zumbi foi mais do que justa, pois este personagem histórico representou a luta do negro contra a escravidão, no período do Brasil Colonial. Ele morreu em combate, defendendo seu povo e sua comunidade. Os quilombos representavam uma resistência ao sistema escravista e também um forma coletiva de manutenção da cultura africana aqui no Brasil. Zumbi lutou até a morte por esta cultura e pela liberdade do seu povo.

Importância da data.

A criação desta data foi importante, pois serve como um momento de conscientização e reflexão sobre a importância da cultura e do povo africano na formação da cultura nacional. Os negros africanos colaboraram muito, durante nossa história, nos aspectos políticos, sociais, gastronômicos e religiosos de nosso país. É um dia que devemos comemorar nas escolas, nos espaços culturais e em outros locais, valorizando a cultura afro-brasileira.
A abolição da escravatura, de forma oficial, só veio em 1888. Porém, os negros sempre resistiram e lutaram contra a opressão e as injustiças advindas da escravidão.
Vale dizer também que sempre ocorreu uma valorização dos personagens históricos de cor branca. Como se a história do Brasil tivesse sido construída somente pelos europeus e seus descendentes. Imperadores, navegadores, bandeirantes, líderes militares entre outros foram sempre considerados heróis nacionais. Agora temos a valorização de um líder negro em nossa história e, esperamos, que em breve outros personagens históricos de origem africana sejam valorizados por nosso povo e por nossa história. Passos importantes estão sendo tomados neste sentido, pois nas escolas brasileiras já é obrigatória a inclusão de disciplinas e conteúdos que visam estudar a história da África e a cultura afro-brasileira.

Créditos: Sua pesquisa .com

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

"Educação se faz com responsabilidade e parceria"


Secretária eletrônica para escolas.

Esta é a mensagem que os professores de uma escola da Califórnia decidiram gravar na secretária eletrônica da escola.
A escola adotou que exige dos alunos e dos pais responsabilidade pelas faltas dos estudantes e pelo trabalho de casa.
A escola e os professores estão sendo processados por pais que querem que seus filhos sejam aprovados mesmo com muitas faltas e sem fazer os trabalhos escolares.

Aqui, a mensagem gravada:

"Olá! Para podermos ajudá-lo, por favor ouça todas as opções:

- Para mentir sobre o motivo das faltas do seu filho - tecle 1
- Para dar uma desculpa para seu filho não ter feito o trabalho de casa - tecle 2
- Para se queixar sobre o que nós fazemos - tecle 3
- Para insultar os professores - tecle 4
- Para saber por que não foi informado sobre o que consta no boletim do seu filho ou em diversos documentos que lhe enviamos - tecle 5
- Se quiser que criemos o seu filho - tecle 6
- Se quiser agarrar, esbofetear ou agredir alguém - tecle 7
- Para pedir um professor novo, pela terceira vez este ano - tecle 8
- Para se queixar do transporte escolar - tecle 9
- Para se queixar da alimentação fornecida pela escola - tecle 0

Mas, se você já compreendeu que este é o mundo real e que seu filho deve ser responsabilizado pelo próprio comportamento, pelo seu trabalho na aula, pelas tarefas de casa, e que a culpa da falta de esforço do seu filho não é culpa do professor, desligue e tenha um bom dia!"

"Só a educação levada a sério vai salvar o Brasil".



Outro dia, folheando a revista Veja num consultório médico, li uma reportagem bastante interessante que mostrava, com estatísticas, que as crianças de origem, asiática que vivem no Brasil, apresentam um desempenho escolar superior ao dos estudantes brasileiros.
O texto explicava que, nas classes onde elas são maioria, o silêncio e a atenção são uma constante.
Ouve-se claramente a voz do professor explicando a matéria.
Dizia também que essas crianças dedicam nove horas diárias ao estudo (cinco na escola e quatro em casa) enquanto que as nossas, apenas cinco (as da escola).
Quando chegam em casa, essas crianças pegam seus cadernos, livros e estudam. Fazem os deveres de casa que o professor passa, lêem, treinam equações matemáticas etc.
Enquanto os brasileirinhos, em sua maioria, vagueiam pelas ruas empinando pipa ou jogando bola.
Com isso, os asiáticos do nosso país estão conseguindo os melhores postos de trabalho (que são justamente aqueles que exigem maior qualificação e preparo) em empresas com ótima remuneração assistência médico – hospitalar e condições de ascensão profissional.
E tudo isso me fez lembrar de uma menina brasileira que morava no Japão e veio visitar os parentes que ficaram aqui.
A tia dela era Orientadora na escola onde lecionávamos.
Certo dia estávamos em nossas classes, tentando dar aula e explicar a matéria para os alunos que como sempre, só conversavam e brincavam de costas para o quadro de giz...
Enquanto isso, a tia, nossa orientadora, vagava com a garota pelos corredores da escola, procurando uma classe mais calma, onde a sobrinha pudesse ficar resolvendo as questões de uma provinha de terceira série que ela (tia) havia preparado, para verificar o aproveitamento e a adaptação da menina na escola japonesa.
Mas a menina ficou aterrorizada com a gritaria dos nossos alunos e preferiu resolver a prova na biblioteca, alegando que não conseguiria concentrar-se com aquela bagunça...
Perguntamos então o que acontecia, na escola dela, com os alunos que só queriam brincar, não estudavam e não respeitavam o professor em sala de aula.
Ela disse que eles eram castigados. Perguntamos então qual era o castigo. E sabem o que ela respondeu???? Que não sabia porque na classe dela nunca havia visto um aluno conversar durante as explicações ou desrespeitar seu professor... PERCEBERAM A DIFERENÇA?
Nas escolas públicas do Brasil, as salas de aula são superlotadas, COM MAIS DE 45
ALUNOS POR CLASSE.
Para esse auditório, o professor tem que ensinar:
- O conteúdo das disciplinas (Matemática, Português, História, Geografia, Ciências), + Cidadania + Valores + Educação Sexual + Higiene + Saúde + Ética + Pluralidade Cultural.
Deverá também funcionar como Psicólogo, Assistente Social, Orientador Educacional e Orientador Pedagógico, desempenhando também todos os deveres familiares que a sociedade resolver transferir para a Escola.
Nossos alunos dizem que as aulas são chatas e alegam que não gostam de ler! Que ler não é divertido... Que jogar bola e empinar pipa é melhor... E todos logo critam em coro:
- CULPA DOS PROFESSORES QUE NÃO DÃO UMA AULA DIVERTIDA E ATRAENTE PARA AS CRIANÇAS.
As Secretarias da Educação dos Estados do Brasil surge em cena alegando que o aluno que temos é assim mesmo e que os professores precisam aprender a ensinar... ROTULAM
O MAGISTÉRIO OFICIAL COMO “PROFESSOR NOTA ZERO”.
O que eles querem esconder é que temos em classe crianças (filhos de eleitores) que recebem o livro didático, cadernos e até mochilas mas “esquecem” em casa para ficar brincando durante a aula... Crianças que não fazem lição de casa, não estudam e nem sequer prestam atenção as explicações do professor em classe.
Para agradar os pais eleitores as Secretarias da Educação encaminha os professores para cursos de “capacitação,” alegando que eles não têm mais capacidade de ensinar.
CONTRATAM FIRMAS para dar esses cursos que segundo eles, tem o poder de transformar “profissionais despreparados” em professores criativos, prontos para dar uma aula eficaz, envolvente, estimulante e, ao mesmo tempo, divertida, capaz de fazer com que os alunos gostem mais da escola do que das partidas de futebol, mais da leitura do que dos jogos no computador...
É claro que esse discurso de responsabilizar o professor e varrer a sujeira pra baixo do tapete não vai levar a Educação a lugar nenhum.

MAS SERVE PERFEITAMENTE PARA JUSTIFICAR, JUNTO A OPINIÃO PÚBLICA, OS BAIXOS SALÁRIOS PAGOS AOS PROFISSIONAIS DOS ESTADOS.
Imagine que você está doente, vai ao médico e ele prescreve determinado remédio, você não toma o medicamento, não faz a sua parte e culpa o médico por não melhorar... Assim acontece nas escolas públicas de todo o Brasil: O professor ensina e os alunos não prestam atenção, não estudam não fazem os deveres de casa, como nossos amiguinhos asiáticos.
Daí vem o governo e culpa como sempre, o professor pelo mau desempenho dos “estudantes”.
Para justificar mais uma vez a falta de reajustes e os baixos salários do Brasil, o governo implantou um sistema de avaliação. Os professores recebem um bônus por produtividade, uma vez por ano, se os alunos estudarem, se os alunos não faltarem; se os alunos não se evadirem; se os alunos...
E como o aluno não quer saber de nada, e seus pais os grandes eleitores do país, também nada querem... os professores de nosso Brasil ficam sem reajustes.
Daí vemos os governadores nas TVs dizendo que pagaram quantias enormes de bônus aos professores! Só que se isso fosse averiguado direitinho,. A verdade seria descoberta. Para se ter uma idéia, tem escolas públicas onde nenhum professor recebeu bonificação porque... houve evasão, porque o aproveitamento dos alunos, não se alterou e assim por diante! Sem contar que, nesse sistema de bonificação por produtividade, os professores aposentados, por não terem mais alunos, são castigados e estão sem reajustes há anos... vivendo indignamente!
Ninguém quer sugerir aos eleitores a receitinha das crianças asiáticas:
- FAZER A LIÇÃO DE CASA;
- ESTUDAR;
- EMPENHAR-SE;
- DEDICAR-SE;
- RESPEITAR O PRÓXIMO, SOBRETUDO O PROFESSOR!... ENFIM, FAZER SUA PARTE!
- OS ELEITORES (PAIS DOS ALUNOS) TER CONSCIÊNCIA E RESPONSABILIDADE PELA EDUCAÇÃO DE SEU FILHO.
A verdade é que o educador deixou de ser modelo para os jovens:
Ganhamos mal, nos vestimos mal e somos alvo constante da crítica social.
Hoje, modelo para os jovens, são os milionários jogadores de futebol, pagodeiros e outros mais.
Não dá para falar em educação de qualidade enquanto o profissional da educação for sistematicamente desvalorizado, tratado pelo governo, pelas famílias e sobretudo pela mídia em geral como um inimigo público, um desqualificado etc.
Nessas condições, o aluno vai querer ouvir o que uma pessoa assim tem a dizer?
Precisamos valorizar nosso trabalho!
Precisamos nos impor!
Precisamos respeito pelo nosso profissionalismo
Precisamos valer a nossa importância, POIS UM PAÍS QUE NÃO LEVA A SÉRIO A EDUCAÇÃO, É UM PAÍS DE NINGUÉM!
Um país que quer construir um futuro sólido ao seu povo, precisa investir seriamente em:
1. Educação
2. Saúde
3. segurança
Sem estes três itens não teremos um país comprometido!

Fonte: Amiga virtual – São Paulo

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

"Ainda existe aquela criança, dentro de você?"


Existe uma criança linda dentro de você. Provavelmente já lhe disseram isso e você, por teimosia, descrença ou absoluta falta de imaginação desprezou a afirmação. Então tente ficar inerte diante da composição Aquarela, de Toquinho; ou leia O Menino Maluquinho de Ziraldo e tente não sentir saudades de sua infância...

A criança nunca deixou de existir. Nem por um momento sequer. É que muitas vezes o adulto que a encerra deixou de sonhar. Parou de acreditar na Terra do Nunca, deixou de pensar que pode voar como seus mais amados super-heróis, não quis mais saber da Emília e do Visconde, esqueceu da bola ou da boneca,...

Agora só quer saber de correr. Parece o coelho da Alice e a todo o momento olha seu relógio. Está encarcerado numa rotina estressante que o faz cativo sem que nem ao menos se dê conta. Não sabe por que corre. Acha que se não fizer isso será atropelado, passado para trás, superado por outros, que nem ao menos conhece...

E o pior de tudo é que esse adulto, como os piratas do Peter Pan, não quer nem mesmo que as crianças sejam crianças por mais tempo. Faz força para acelerar o relógio biológico de nossas crianças para que não sejam mais infantis. Para que brincar? O negócio é namorar. Por que desenhar e pintar? É melhor ir para o Shopping. Subir em árvore ou ir ao parquinho? Que tal ir fazer umas compras...

As crianças não podem mais subir em árvores. Nem, tampouco, devem assistir desenhos animados. Acreditar em coelhinho da páscoa ou em Papai Noel então, é terminantemente proibido. Se seu filho usa roupas que tenham desenhos como o Mickey, a Mônica ou o Pernalonga depois de certa idade... provavelmente ele será alvo de chacotas e ridicularizações por seus pares na escola, no clube, na rua,...

E por que as crianças não querem mais fazer desenhos com o contorno das mãos ou navegar num barco com suas grandes e bonitas velas brancas estendidas como nos diz Toquinho em sua clássica composição? Será que os sonhos da infância não estão sendo massacrados por nossa ausência e indiferença? Quando foi a última vez que você se sentou para brincar com seus filhos?

Ouvi de uma pessoa religiosa que a catequese de nossas crianças é feita desde o seu nascimento e que os principais catequizadores são os próprios pais... Seu filho é fruto de seu envolvimento com a vida dele... Sua saúde física, mental e emocional está em suas mãos. Reserve a criança que há dentro de você para brincar com ele. Isso é o que realmente ficará para sempre...

Créditos: João Luís de Almeida Machado.Doutor em Educação. PUC. SP

"Feliz dia das crianças"


Esta é a Declaração dos Direitos da Criança. Para quem a conhece, este é um bom momento para relembrá-la. Para quem não a conhece, um bom momento para conhecê-la!

PRINCÍPIO 1º
Toda criança será beneficiada por esses direitos, sem nenhuma discriminação por raça, cor, sexo, língua, religião, país de origem, classe social ou riqueza. Toda e qualquer criança do mundo deve ter seus direitos respeitados!

PRINCÍPIO 2º
Toda criança tem direito a proteção especial, e a todas as facilidades e oportunidades para se desenvolver plenamente, com liberdade e dignidade.

PRINCÍPIO 3º
Desde o dia em que nasce, toda criança tem direito a um nome e uma nacionalidade, ou seja, ser cidadão de um país.

PRINCÍPIO 4º
As crianças têm direito à crescer com saúde. Para isso, as futuras mamães também têm direito a cuidados especiais, para que seus filhos possam nascer saudáveis. Toda criança também têm direito a alimentação, habitação, recreação e assistência médica!

PRINCÍPIO 5º
Crianças com deficiência física ou mental devem receber educação e cuidados especiais! Porque elas merecem respeito como qualquer criança!

PRINCÍPIO 6º
Toda criança deve crescer em um ambiente de amor, segurança e compreensão. As crianças devem ser criadas sob o cuidado dos pais, e as pequenas jamais deverão separar-se da mãe, a menos que seja necessário. O governo e a sociedade têm a obrigação de fornecer cuidados
especiais para as crianças que não têm família nem dinheiro para viver decentemente.

PRINCÍPIO 7º
Toda criança tem direito de receber educação primária gratuita, e também de qualidade, para que possa ter oportunidades iguais para desenvolver suas habilidades. E como brincar também é um jeito gostoso de aprender, as crianças também têm todo o direito de brincar e se divertir!

PRINCÍPIO 8º
Seja em uma emergência ou acidente, ou em qualquer outro caso, a criança deverá ser a primeira a receber proteção e socorro dos adultos.

PRINCÍPIO 9º
Nenhuma criança deverá sofrer por pouco caso dos responsáveis ou do governo, nem por crueldade e exploração. Nenhuma criança deverá trabalhar antes da idade mínima, nem será levada a fazer atividades que prejudiquem sua saúde, educação e desenvolvimento.

PRINCÍPIO 10º
A criança deverá ser protegida contra qualquer tipo de preconceito, seja de raça, religião ou posição social. Toda criança deverá crescer em um ambiente de compreensão, tolerância e amizade, de paz e de fraternidade universal.

Créditos:inusitatus.blogtv.uol.com.br

"Saiba como surgiu o Dia das Crianças".


Dia das Crianças no Brasil.

A criação do Dia das Crianças no Brasil foi sugerido pelo deputado federal Galdino do Valle Filho na década de 1920.
Arthur Bernardes, então presidente do Brasil, aprovou por meio do decreto de nº 4867, no dia 5 de novembro de 1924, a data de 12 de outubro como o dia dos pequenos.
O Dia das Crianças só passou a ser comemorado mesmo em 1960, quando a fábrica de brinquedos Estrela fez uma promoção junto com a empresa Johnson & Johnson para lançar a "Semana do Bebê Robusto" e aumentar suas vendas.
A idéia das duas empresas deram tão certo que outros comerciantes resolveram adotar a mesma estratégia. E assim, dia 12 de outubro é dia de criança ganhar presente!

Dia das Crianças no mundo.

Muitos países comemoram o Dia das Crianças em outros dias do ano. Na Índia, é em 15 de novembro. Em Portugal e Moçambique, a comemoração acontece no dia 1º de junho. Na China e no Japão, a comemoração acontece em 5 de maio.

Dia Universal da Criança.

A Organização das Nações Unidas, também conhecida como ONU, comemora o dia de todas as crianças do mundo em 20 de novembro. Foi nessa data que os países aprovaram a Declaração dos Direitos das Crianças.

Créditos: www.terra.com.br

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Por que sapos?


Sapos são animais admiráveis. Primeiro porque não fazem mal a ninguém, são incapazes de perturbar as pessoas.
O sapo é independente. Não tem a obrigação de bajular ninguém nem de agradar e fazer cara de feliz para ganhar carinho.
• O sapo se alimenta de insetos asquerosos que ninguém gosta. Isso conta muito a seu favor.
• Se você não mexer com ele, ele não mexe com você. Aliás, nunca ouvi falar de um sapo que implicasse com uma pessoa.
• É um animal super na dele. Fica lá, paradão.
• É um ótimo inquilino. Se um sapo se alojar no seu quintal ou jardim, ele vai ocupar um espaço mínimo, onde ninguém mexe. Não vai estragar suas plantas nem fuçar nada. Ele vai sair de noite, comer, e voltar. Você nem nota a presença do bicho.
• O sapo tem personalidade forte. Já dizia a música: Ele não lava o pé porque não quer. Mora na Lagoa, mas não quer. E não lava. E o que o resto do mundo tem com isso? Nada. Ele não quer, então não lava.
• Quando os sapos são personagens de historinhas, ou desenhos animados, ou de séries, eles sempre roubam a cena. Ou são os mais engraçados, ou os mais sábios ou mais fofos. É só lembrar do Muppet Caco. Ou do michigan J. Frog (aquele que sai dançadno da caixa e quando seu dono chama alguém ele se faz de morto). Não são ótimos atores?
Depois desses argumentos, eu é que tenho que perguntar:
Por que não os Sapos?

créditos: Blog da tia Fabíola.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Reflexão. "Para quê serve uma relação" ?


Uma relação tem que servir para você se sentir 100% à vontade com outra pessoa, à vontade para concordar com ela e discordar dela, para ter sexo sem não-me-toques ou para cair no sono logo após o jantar, pregado.
......Uma relação tem que servir para você ter com quem ir ao cinema de mãos dadas, para ter alguém que instale o som novo enquanto você prepara uma omelete, para ter alguém com quem viajar para um país distante, para ter alguém com quem ficar em silêncio sem que nenhum dos dois se incomode com isso.
......Uma relação tem que servir para, às vezes, estimular você a se produzir, e, quase sempre, estimular você a ser do jeito que é, de cara lavada e bonita a seu modo.
......Uma relação tem que servir para um e outro se sentirem amparados nas suas inquietações, para ensinar a confiar, a respeitar as diferenças que há entre as pessoas, e deve servir para fazer os dois se divertirem demais, mesmo em casa, principalmente em casa...
......Uma relação tem que servir para cobrir as despesas um do outro num momento de aperto, e cobrir as dores um do outro num momento de melancolia, e cobrirem corpo um do outro quando o cobertor cair.
......Uma relação tem que servir para um acompanhar o outro ao médico, para um perdoar as fraquezas do outro, para um abrir a garrafa de vinho e para o outro abrir o jogo, e para os dois abrirem-se para o mundo, cientes de que o mundo não se resume aos dois.

Créditos: Drauzio Varella

sábado, 29 de agosto de 2009

"Desperte a criança que existe em você".


Existe uma criança linda dentro de você. Provavelmente já lhe disseram isso e você, por teimosia, descrença ou absoluta falta de imaginação desprezou a afirmação. Então tente ficar inerte diante da composição Aquarela, de Toquinho; ou leia O Menino Maluquinho de Ziraldo e tente não sentir saudades de sua infância...

A criança nunca deixou de existir. Nem por um momento sequer. É que muitas vezes o adulto que a encerra deixou de sonhar. Parou de acreditar na Terra do Nunca, deixou de pensar que pode voar como seus mais amados super-heróis, não quis mais saber da Emília e do Visconde, esqueceu da bola ou da boneca,...

Agora só quer saber de correr. Parece o coelho da Alice e a todo o momento olha seu relógio. Está encarcerado numa rotina estressante que o faz cativo sem que nem ao menos se dê conta. Não sabe por que corre. Acha que se não fizer isso será atropelado, passado para trás, superado por outros, que nem ao menos conhece...

E o pior de tudo é que esse adulto, como os piratas do Peter Pan, não quer nem mesmo que as crianças sejam crianças por mais tempo. Faz força para acelerar o relógio biológico de nossas crianças para que não sejam mais infantis. Para que brincar? O negócio é namorar. Por que desenhar e pintar? É melhor ir para o Shopping. Subir em árvore ou ir ao parquinho? Que tal ir fazer umas compras...

As crianças não podem mais subir em árvores. Nem, tampouco, devem assistir desenhos animados. Acreditar em coelhinho da páscoa ou em Papai Noel então, é terminantemente proibido. Se seu filho usa roupas que tenham desenhos como o Mickey, a Mônica ou o Pernalonga depois de certa idade... provavelmente ele será alvo de chacotas e ridicularizações por seus pares na escola, no clube, na rua,...

E por que as crianças não querem mais fazer desenhos com o contorno das mãos ou navegar num barco com suas grandes e bonitas velas brancas estendidas como nos diz Toquinho em sua clássica composição? Será que os sonhos da infância não estão sendo massacrados por nossa ausência e indiferença? Quando foi a última vez que você se sentou para brincar com seus filhos?

Ouvi de uma pessoa religiosa que a catequese de nossas crianças é feita desde o seu nascimento e que os principais catequizadores são os próprios pais... Seu filho é fruto de seu envolvimento com a vida dele... Sua saúde física, mental e emocional está em suas mãos. Reserve a criança que há dentro de você para brincar com ele. Isso é o que realmente ficará para sempre...

Créditos: João Luís de Almeida Machado.Doutor em Educação. PUC. SP

"Relatório individual", Fique por dentro.


Estamos chegando ao final do ano e começa a nossa loucura para montar os relatórios de nossos alunos.

Que tal algumas dicas?


Em relação à assimilação e fixação dos conteúdos:
O aluno é excelente, independente e realiza todas as atividades.
O aluno é muito bom, porém tem necessidade de consultar o professor.
O aluno possui dificuldade, é dependente do professor, mas realiza apesar de apresentar bastante lentidão.
O aluno possui dificuldade, é extremamente dependente do professor,não consegue realizar nada sozinho e não demonstra vontade em aprender.

Concentração e atenção às explicações em sala de aula:
O aluno é participativo.
O aluno é participativo, mas se empolga demais o que às vezes atrapalha.
O aluno participa somente quando é solicitado.
O aluno não participa da aula. Demonstra apatia.
O aluno é distraído, conversa e ainda atrapalha os demais.

Quanto à correção:
O aluno não consegue corrigir os erros (clipes) sozinho, necessita que o professor lhe oriente durante a correção, seja ela no caderno ou na apostila, pois se distrai com muita facilidade.
O aluno é excelente. Consegue identificar e corrigir seus erros (clipes) sem auxílio do professor, sejam eles no caderno ou na apostila.
O aluno não corrige certo da lousa, pois apresenta deficiência visual.
O aluno não corrige certo da lousa, devido à falta de atenção.

Quanto ao relacionamento do aluno com os colegas:
Relaciona-se bem com todos os colegas.
Não relaciona-se bem com os colegas, gosta de se isolar.
Não relaciona-se bem com os colegas, é agressivo.
Gosta de realizar trabalhos em grupo.
Demonstra resistência em fazer trabalhos em equipe.

Quanto à Caligrafia e desempenho do aluno em sala de aula:
O aluno é excelente, tem a letra linda, é caprichoso e não apresenta erros.
O aluno é excelente , mas por querer ser o primeiro da classe a terminar, acaba deixando a desejar no capricho e na letra.
O aluno tem uma caligrafia boa, porém com muitos erros.
O aluno tem uma caligrafia ruim, mas não apresenta erros.
O aluno tem uma letra muito bonita e sem erros, mas demora muito para copiar.
O aluno precisa fazer caligrafia (caderno).
O aluno não precisa fazer caligrafia.

Quanto à disciplina:
O aluno apresenta comportamento excelente tanto em sala de aula , como na fila.
O aluno apresenta comportamento excelente em sala, porém na fila, deixa a desejar.
O aluno conversa , porém acata às regras da sala.Uma chamada de atenção é suficiente.
O aluno é indisciplinado, cabendo ao professor chamar-lhe a atenção em muitos momentos.

Quanto ao reforço:
O aluno não necessita de reforço paralelo.
O aluno necessita de reforço e comparece a todos.
O aluno necessita de reforço, mas não comparece devido à resistência dos pais ou do próprio aluno.
O aluno comparece aos reforços, mas apresenta resistência em realizar as atividades propostas (pede para ir ao banheiro; beber água, distrai-se com facilidade, conversa, brinca).

Quanto ao material usado em sala e lição de casa:
O aluno realiza a lição de casa com capricho.
O aluno realiza a lição de casa sem capricho.
O aluno não realiza a lição de casa.
O aluno traz todos os materiais necessários.
O aluno esquece o material escolar.

Quanto à Leitura:
O aluno lê com fluência e entonação adequados.
O aluno lê, mas não respeita os sinais de pontuação.
O aluno tem dificuldade na leitura das palavras.
O aluno não lê.

Em relação à assiduidade do aluno:
falta muito e as mesmas o estão prejudicando no aprendizado.
o aluno não falta, exceto se for estritamente necessário.
o aluno não deverá faltar, está com excesso de faltas.
o aluno não consegue colocar o conteúdo de sala de aula em ordem devido as número de faltas.

Em relação a seus materiais:
organiza com ajuda das professoras e inspetora.
organiza com total independência.
não consegue se organizar.
esquece frequentemente materiais na sala.
perde frequentemente materiais na sala.

Em relação aos responsáveis:
- “necessitam” de atenção especiais.
- são participativos.
- são criteriosos, indagam bastante e acompanham o desenvolvimento do filho.
- geralmente não acompanham as lições/estudo do filho, porém participam das atividades.
- não são participativos e pouco comparecem às atividades.


fonte: http://conectmar.blogspot.com/

segunda-feira, 6 de julho de 2009

"A importância da música na educação".


"Um povo que sabe cantar está a um passo da felicidade. É preciso ensinar o mundo inteiro a cantar".Villa-Lobos


Ouvir música, aprender uma canção, brincar de roda, realizar brinquedos rítmicos, são atividades que despertam, estimulam e desenvolvem o gosto pela atividade musical, além de propiciar a vivência de elementos estruturais dessa linguagem.
A criança através da brincadeira, relaciona-se com o mundo que a cada dia descobre e é dessa forma que faz música: brincando. Receptiva e curiosa, ela pesquisa materiais sonoros, "descobre instrumentos", inventa melodias e ouve com prazer a música de todos os povos.
De forma ativa e contínua, a aprendizagem musical integra prática, reflexão e conscientização, encaminhando a experiência para níveis cada vez mais elaborados.


A música tem ainda o dom de aproximar as pessoas. A criança que vive em contato
com a música aprende a conviver melhor com outras crianças e estabelece um meio de
se comunicar muito mais harmonioso. A música torna toda criança mais feliz.


A música é responsável por uma diversidade de pontos positivos, se usada de forma correta, contribui visivelmente na educação e desenvolvimento infantil.


Benefícios que podem ser trazidos com o uso dessa prática na educação:


A música atua no corpo e desperta emoções;
Pode aumentar e equilibrar o metabolismo;
Aumenta ou diminui a pressão ;
Interfere na receptividade sensorial;
Minimiza efeitos da fadiga;
Age na digestão;
Age nas secreções e nas redes neurológicas;
Pode até mesmo diminuir o colesterol na corrente sanguínea;
Atua no equilíbrio emocional;
Atua no autoconhecimento;
Contribui com a integração social, pois através dela a criança desenvolve a capacidade de ouvir, perceber, discriminar diferentes gêneros, estilos, ritmos, sensações e pensamentos;
Desenvolve a sensibilidade;
Desenvolve a concentração;
Desenvolve a coordenação motora;
Desenvolve a acuidade auditiva;
Respeito a si próprio e ao próximo;
Disciplina pessoas;
Destreza do raciocínio;
Facilita o processo de alfabetização;
Facilita o estudo de línguas estrangeiras;
Transmite alegria, verdades e sonhos através de uma metodologia lúdica e dinâmica própria do universo infantil.




Créditos:Adriana Dalla Bernardino Furtado de Lemos. Psicopedagoga da Jeito de Ser Educação Infantil.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

" Ensina a criança no caminho em que deve andar,e, ainda quando velho,não se desviará dele".Prov. 22:6




A educação escolar nunca poderá substituir a família. Pois, é na família que se inicia a construção dos reais valores de um ser, tais como: moral, étnico, religioso, cívico etc.A escola não dispõe dos meios que a família possui para agir sobre a criança e o jovem. Por isso, não podemos negar a necessidade de melhorar as relações no convívio familiar, obtendo com isso, melhores resultados no aprendizado de valores.A primeira idéia que a criança faz de Deus, as primeiras noções que recebem sobre o domínio de si mesma, de obediência, de generosidade, de verdade, são determinadas pelas relações com os pais. É em casa que se aprende a respeitar, ter disciplina e ser responsável.“Guardem sempre no coração as leis que lhes estou dando hoje e não deixem de ensiná-las aos seus filhos. Repitam essas leis em casa e fora de casa, quando se deitarem e quando se levantarem” .(Dt 06:06 e 07 – Bíblia na Linguagem de hoje).Mais do que outra coisa, nossos filhos devem aprender quatro fundamentos essências que são: amor, respeito, obediência, e sinceridade, e nós como pais devemos tê-los incorporado em tudo que fizermos.Educar um filho não consiste unicamente em enviá-lo, regularmente, à escola e querer que passe de ano. É preciso que juntamente com os conhecimentos teóricos, desenvolva hábitos que a família já se encarregou de iniciar, ou seja: responsabilidade, disciplina e senso prático.Educar é uma tarefa conjunta de pais e escola.O incentivo e a ajuda na hora de executar os deveres de casa e realizar trabalhos ou pesquisas escolares também tornaram o aprendizado mais produtivo e acabam por unir ainda mais filhos e pais.Quando os pais acompanham sistematicamente os deveres de casa e acompanham mais de perto o desempenho escolar de seus filhos, o rendimento escolar é muito maior, certamente.Apesar das pesadas responsabilidades impostas aos pais em relação a educação, eles não devem desistir de ministrarem aos filhos princípios morais e intelectuais na reconquista de valores permanentes.A felicidade da criança não depende de um simples conforto material, depende muito mais de uma atmosfera afetiva do lar. O caráter dos filhos não forma com que vêem ou ouvem. A força do exemplo é muito maior do que o ensinamento,pois eles ficarão marcados pela maneira que foram vivenciadas.Assim, ele poderá tornar-se um adulto responsável, seguro e garantir seu sucesso profissional e pessoal.Com isso, concluímos que, mesmo uma educação feita em lares sólidos, não se pode dispensar a vigilância permanente da família.


Créditos: blog Contribuindo com a educação.

"Isso se chama amor" 12 de junho dia dos namorados.




Você surgiu como suave melodia trazida pela brisa; dilatou-se no silêncio de minha alma e fez-se moldura em meu viver.Isso se chama ventura...

Há algo em você que transparece num olhar, como estrela no céu atapetado de astros e exterioriza-se num sorriso como canção tocada na harpa dos ventos.

Isso se chama ternura...

Sem olhar, você me percebe, sem falar você me diz, sem me tocar você me abraça...Isso se chama sensibilidade...

Quando me perco em labirintos escuros você me mostra o caminho de volta..Quando exponho meus tantos defeitos, você faz de conta que não nota...Se enlouqueço, você me devolve a razão...Isso se chama compaixão...

Nos dias em que as horas passam lentas, sem graça e sem luz, nos seus braços eu encontro alento.Quando os dias alegres de verão partem e em seu lugar chega o outono, cobrindo o chão com folhas secas, e o verde exuberante cede lugar ao cinza, nos seus braços encontro harmonia.Isso se chama aconchego...

Quando você está longe, no espelho da saudade eu vejo refletida a certeza do reencontro.Nas noites sem estrelas, quando a escuridão envolve tudo em seu manto negro, você me aponta a carruagem da madrugada, que vem despertar o dia com suas carícias de luz..Isso se chama esperança.

Quando as marés dos problemas parecem tragar em suas ondas as minhas forças, em seus braços encontro reconforto. Se as amarguras pairam sobre meus dias, trazendo desgosto e dor, sua presença me traz tranqüilidade.

Você é um raio de sol, nos dias escuros...É ave graciosa que enfeita a amplidão azul...

Você é alma e é coração. É poema e é canção... É ternura e dedicação... Nada impõe, tudo compreende, tudo perdoa...

Sua companhia é doce melodia, é convite a viver...... E, tudo isso se chama amor!

Surge depois que as nuvens ilusórias da paixão se desvanecem. Que a alma se mostra nua, sem enfeites, sem fantasias, sem máscaras...

O amor é esse sentimento que brota todos os dias, como uma flor que explode de um botão ao mais sutil beijo do sol...

Isso, sim, se chama amor...


Créditos: Site Momentos de Reflexão.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Datas comemorativas.


Junho.



01- Dia da Imprensa
Dia da 1ª Transmição da Tv no Brasil-1950
Dia de Caxias

03- Dia do Administrador de Pessoal

04- Dia Mundial contra a Agressão Infantil
05- Dia Mundial da Ecologia e do Meio Ambiente

07- Dia da Liberdade de Imprensa

08- Dia do Citricultor
09- Dia do Pão
Dia do Porteiro
Dia do Protético
Dia do Tenista
Dia Nacional de Anchieta

10-Dia da Artilharia: Exército Brasileiro
Dia da Língua Portuguesa
Dia de Camões
Dia do Pastor

11- Corpus Christi
Dia da Marinha
Dia do Educador Sanitário

12- Dia do Correio Aéreo Nacional
Dia dos Namorados

13- Dia do Turista

14- Dia do Solista

15- Dia do Paleontólogo

16 -Dia da Unidade Nacional

17- Dia da Unidade Alemã
Dia do Funcionário Público Aposentado
Dia Mundial de Luta Contra a Desertificação

18- Dia do Imigrante Japonês
Dia do Químico

20- Dia do Revendedor
21- Dia da Mídia
Dia do Intelectual
Dia do Mel
Dia do Migrante
Dia Internacional da Música
Dia Nacional do LutoInício do Inverno

22- Dia do Orquidófilo

23- Dia do Lavrador
Dia Olímpico
Dia Universal Olímpico
24- Dia das Empresas Gráficas
Dia do Caboclo
Dia Internacional do Leite
Dia Mundial dos Discos Voadores

25- Dia do Quilo

26- Dia Internacional contra o Abuso de Drogas e o Tráfico Ilícito

27- Dia do Artista Lírico
Dia Nacional do Diabético
Dia Nacional do Progresso
Dia Nacional do Vôlei

28- Dia da Revolução Espiritual

29- Dia da Telefonista
Dia do Escritor Paulista
Dia do Papa
Dia do Pescador
Dia Nacional do Progresso

30- Dia do Caminhoneiro
Dia do Economiário

quarta-feira, 27 de maio de 2009

"Sugestões para preenchimento do relatório".


É importante considerar, na construção do relatório os seguintes critérios:


• A avaliação deve ser sempre enfatizar os avanços e não apenas os fracassos. Registrar o que o aluno conseguiu e em que progrediu;
• Valorizar e registrar o desenvolvimento sócio-afetivo como: participação, solidariedade, posicionamento, sentimentos;
• É preciso registrar a participação do aluno nos projetos desenvolvidos no bimestre;
• Deve-se proceder relação com o registro anterior;
• Diversificar a redação de um aluno para o outro, buscando se fiel em suas colocações.
Sugestões para iniciar relatórios:

• Com base nos objetivos trabalhados no bimestre, foi possível observar que o aluno...
• Observando diariamente o desempenho do aluno, foi constatado que neste bimestre...
• A partir das atividades apresentadas, o aluno demonstrou habilidades em...
• Com base na observação diária, foi possível constatar que o aluno...

Desenvolvimento cognitivo:

• O aluno demonstra um ótimo aproveitamento na aquisição da leitura e escrita.
• O aluno apresenta bom desenvolvimento no processo de aquisição da leitura e da escrita.
• O aluno está desenvolvendo-se gradualmente no processo de aprendizagem da leitura e da escrita.
• Encontra-se em desenvolvimento no processo de aprendizagem da leitura e da escrita.
• Tem um bom desenvolvimento cognitivo, mas apresenta dificuldades na leitura, contudo com a realização da recuperação paralela tem apresentado avanços importantes.
• Lê com fluência qualquer tipo de texto, fazendo conexões com a realidade.
• Lê e interpreta os textos trabalhados em aula sem maiores dificuldades.
• Lê com alguma dificuldade, mas demonstra interesse e esforça-se em aprender.
• Escreve, ordena e amplia frases, formando textos coerentes e lógicos.
• Produz frases e pequenos textos com criatividade e entendimento.
• Constrói o conceito lógico-matemático, realizando cálculos com as quatro operações matemáticas.
• O aluno tem especial interesse nas atividades matemáticas.
• Realiza cálculos simples de adição e subtração.
• Realiza cálculos com auxilio de material concreto.
• É curioso, questiona e busca informações.
• Traz para a classe informações de fontes diversas como: radio, tv, jornais e etc.
• Compreende as relações existentes entre os elementos do meio ambiente.
• Compreende a importância da preservação do meio ambiente para o futuro do nosso planeta.
• Adota hábitos de cuidados com o corpo e com o ambiente.
• Nas atividades orais demonstra desenvoltura ...( ou inibição)
• Ocasionalmente troca letras.
• Constrói frases criativas e elabora pequenos textos com linguagem e ilustrações significativas;
• Expressa o que pensa relatando, argumentando, avaliando, relacionando, ordenando, generalizando, concluindo...;
• Expressa a escrita representando idéias através de rabiscos, pseudo letras e outros símbolos
• Lê com fluência vários tipos de textos interpretando-os;
• Produz textos escritos com clareza, coerência e coesão;
• Identifica e escreve seu nome completo;
• Observa, descreve, analisa e sintetiza gravuras, reportagens e textos;
• Apresenta dificuldades ortográficas
• Identifica e escreve seu nome completo
• Ainda não faz relação entre o que fala e escreve

Participação- convívio social:

• Participa com interesse e produtividade.
• Boa participação nas atividades realizadas em sala.
• Participação tímida nas atividades em sala, embora tenha bom relacionamento com os colegas em classe.
• Demonstra atitudes críticas diante de acontecimentos conflitantes.
• É criativo e comunicativo.
• Coopera com colegas e professora.
• O aluno demonstra interesse nas atividades propostas embora não tenha autonomia para realizá-las sem o apoio da professora.
• Ouve, reproduz e transmite textos oralmente como histórias, recados, noticias entre outros.
• Demonstra curiosidade em relação aos assuntos estudados.
• É cuidadoso e rápido na execução das atividades desenvolvidas.
• Aceita sugestões da professora e dos colegas.
• Manifesta suas opiniões com clareza e objetividade.
• Contribui para a integração e o crescimento do grupo;
• Demonstra inquietude e geralmente se envolve em questões referentes aos colegas
• Ainda não aceita as regras convencionadas pelo grupo;
• Colabora na construção de regras;
• Interage com o grupo, ouvindo, respeitando e se posicionando;
• Tem um bom relacionamento com os colegas e mostra-se sempre pronto em ajudar;

“Todas as maravilhas que você precisa estão dentro de você.”(Sir Thomas Browne)

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Poesia. "Diferença entre Amor e amizade'. Será que existe ?


Perguntei a um sábio,a diferença que havia entre amor e amizade, ele me disse essa verdade...


O Amor é mais sensível, a Amizade mais segura.


O Amor nos dá asas, a Amizade o chão.


No Amor há mais carinho, na Amizade compreensão.


O Amor é plantado e com carinho cultivado, a Amizade vem faceira, e com troca de alegria e tristeza, torna-se uma grande e querida companheira.


Mas quando o Amor é sincero ele vem com um grande amigo, e quando a Amizade é concreta, ela é cheia de amor e carinho.


Quando se tem um amigo ou uma grande paixão, ambos sentimentos coexistem dentro do seu coração.




Autor: William Shakespeare

domingo, 17 de maio de 2009

18 de maio "Dia de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolecentes".


O “Crime de Araceli” é lembrado deste 1973, quando a menina Araceli, com oito anos à época, foi raptada. Drogada, estuprada, morta e carbonizada por jovens de classe média alta de Vitória, Espírito Santo. O crime hediondo comoveu a sociedade, mas prescreveu impune. Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infanto-Juvenil foi instituído pela lei federal nº 9970/00.

Denúncias podem ser feitas 24 horas por dias através do Disque-Denúncia, número 100.

Pais devem ficar atentos a sintomas de violência sexual.


Vergonha, mudanças de humor, pesadelos, baixo rendimento escolar e, em casos mais graves, a fuga do lar. É assim que a maioria das crianças e dos adolescentes vítimas de violência sexual reage a este tipo de agressão. À primeira vista, essas formas de comportamento podem parecer normais para os pais. No entanto, especialistas afirmam que os filhos devem ser observados, cuidadosamente, para que seja logo descoberta a causa.

De acordo com a psicóloga do Pró-Paz, Nayana Leite, os traumas sofridos em decorrência de uma violação daquela natureza, por meio de contato físico ou não, podem fazer com que as vítimas sintam as conseqüências a médio e longo prazo. A psicóloga explica esse tipo de violência se reflete de maneira diferenciada em cada indivíduo e, por esse motivo, precisa de um acompanhamento especializado.

‘O trauma pode aparecer tanto depois do abuso, como anos mais tarde, quando a criança ou o adolescente ficar mais velho. Nos dois casos, as sequelas precisam ser controladas e é necessário que essas pessoas passem por tratamento psicológico’, diz a especialista.

Entre os traumas mais frequentes das vítimas, na vida adulta, destacam-se: a dificuldade de se relacionar com outras pessoas, insegurança no contato íntimo, depressão, ansiedade e transtorno de personalidade. Nesse último caso, pode surgir o sociopatismo, um comportamento semelhante ao de uma pessoa que abusa sexualmente de outra.

‘A vítima ainda possui chance de se tornar um agressor no futuro, tanto é que, a maioria dos acusados de exploração ou abuso sexual, sofreu a mesma violência quando era mais novo’, completa a especialista.

Traumas no público infanto-juvenil – Nas crianças e adolescentes os traumas em decorrência da violência sexual podem ser identificados com a mudança de humor, sono agitado e dificuldade de aprendizado na escola. Nayana revela que esses sintomas precisam ser acompanhados diariamente pelos pais e familiares, porque dificilmente a vítimas falam da agressão que sofreram.

Ela afirma que há casos da criança acreditar ser culpada pela violação, por não tem a capacidade de discernir que a vítima é ela. Isso acontece em sua maioria, ressalta a psicóloga, nos casos de abuso sexual que ocorre dentro da própria casa da criança, quando o agressor é pai ou algum parente próximo.

Para perceber que a criança está sendo vítima de alguma violência, um outro comportamento bastante comum entre as vítimas é a aversão a uma determinada pessoa. A psicóloga afirma que se a criança tem uma resistência grande em ficar perto de um parente ou amigo da família, é sinal que alguma coisa está errada.

Poesia. "Almas Perfumadas"."Aquilo que se faz por amor,parece ir sempre além dos limites do bem e do mal".


Tem gente que tem cheiro de passarinho quando canta. De sol quando acorda. De flor quando ri. Ao lado delas, a gente se sente no balanço de uma rede que dança gostoso numa tarde grande, sem relógio e sem agenda. Ao lado delas, a gente se sente comendo pipoca na praça. Lambuzando o queixo de sorvete. Melando os dedos com algodão doce da cor mais doce que tem pra escolher. O tempo é outro. E a vida fica com a cara que ela tem de verdade, mas que a gente desaprende de ver.



Tem gente que tem cheiro de colo de Deus. De banho de mar quando a água é quente e o céu é azul. Ao lado delas, a gente sabe que os anjos existem e que alguns são invisíveis. Ao lado delas, a gente se sente chegando em casa e trocando o salto pelo chinelo. Sonhando a maior tolice do mundo com o gozo de quem não liga pra isso. Ao lado delas,pode ser abril, mas parece manhã de Natal do tempo em que a gente acordava e encontrava o presente do Papai Noel.

Tem gente que tem cheiro das estrelas que Deus acendeu no céu e daquelas que conseguimos acender na Terra. Ao lado delas, a gente não acha que o amor é possível, a gente tem certeza. Ao lado delas, a gente se sente visitando um lugar feito de alegria. Recebendo um buquê de carinhos. Abraçando um filhote de urso panda. Tocando com os olhos os olhos da paz. Ao lado delas, saboreamos a delícia do toque suave que sua presença sopra no nosso coração.

Tem gente que tem cheiro de cafuné sem pressa. Do brinquedo que a gente não largava. Do acalanto que o silêncio canta. De passeio no jardim. Ao lado delas, a gente percebe que a sensualidade é um perfume que vem de dentro e que a atração que realmente nos move não passa só pelo corpo. Corre em outras veias. Pulsa em outro lugar. Ao lado delas, a gente lembra que no instante em que rimos Deus está dançando conosco de rostinho colado. E a gente ri grande que nem menino arteiro.

Costumo dizer que algumas almas são perfumadas, porque acredito que os sentimentos também têm cheiro e tocam todas as coisas com os seus dedos de energia. Minha avó era alguém assim. Ela perfumou muitas vidas com sua luz e suas cores. A minha, foi uma delas. E o perfume era tão gostoso, tão branco, tão delicado, que ela mudou de frasco, mas ele continua vivo no coração de tudo o que ela amou. E tudo o que eu amar vai encontrar, de alguma forma, os vestígios desse perfume de Deus.



Créditos: Ana Cláudia Saldanha Jácomo.

terça-feira, 12 de maio de 2009

"Crise de birra" E agora mamãe?


Essa cena, mamãe, você certamente já deve ter presenciado: seu filho esperneia e faz birra em algum lugar público, na maioria das vezes por um motivo aparentemente fútil. Choro, chutes, gritos, xingamentos e atiramento ao chão são as reações mais comuns. Você não sabe onde esconder o rosto. A grande dúvida dos pais é o que fazer quando a criança começa com uma crise de birra. Só que vamos puxar para uma outra questão: o porquê das crises de birra acontecerem.
Se for a primeira vez que isso ocorre, a criança pequena ainda não sabe lidar com grande parte de seus sentimentos, principalmente no que diz respeito à frustração. Ela não consegue expressar isso através da linguagem e age na forma de birra. Cabe aos pais continuar firmemente em sua opinião e não ceder às vontades da criança. Mas é num gesto teoricamente de carinho que pode servir de entrada para uma criança “pentelhinha”.
O “teatrinho” em lugar público acontece em grande parte em razão do sim dos pais às vontades da criança. Os pais dão ao filho o controle de toda situação e a criança não é capaz de lidar com todo esse controle. Cada vez que ouvirem um não, as crianças agirão sempre da mesma forma, pois sabem que dessa maneira conseguirão o que querem.
De quem é a culpa? - Pais, será que não são vocês o culpado por uma atitude malcriada de seu filho? O sentimento de por trabalhar fora e ter pouco tempo com os filhos fazem os pais serem permissivos demais. Essa culpa dos pais pode formar crianças sem limites, autoritárias e chatas, sem saber lidar com as frustrações da vida.
Comodidade ou pais que não tem paciência preferem ceder aos desejos do filho a que ter que arcar com a frustração da criança de levar um não. É muito mais fácil fazer as vontades da criança do que impor limites. Apesar de resistente às regras, a criança precisa delas para crescer e se sentir segura. Essa regra deve ser imposta de um mesmo modo.
O certo e errado ficará confuso quando a mãe disser sim e o pai, não. A criança percebe esse desequilíbrio e sempre recorrerá àquele que vai ceder ao seu desejo. Deve haver um consenso entre os pais, um não deve desautorizar o outro. Sinais de um “cri-cri” - Esse comportamento pode aparecer na escola, onde a criança poderá ter problemas de relacionamento com os outros coleguinhas por ser muito mandona ou, ainda, os pais perceberão que na escola o filho é um “santinho”, pois lá existem regras a serem seguidas e em casa são desobedientes e autoritários devido à falta de limites. Outra questão é querer proteger a criança de qualquer perda, tristeza ou frustração. Assim, quando os pequenos entram em contato com algum desses sentimentos, pois não ficarão para sempre debaixo da proteção dos pais, não sabem suportar a situação e lidam de um modo exagerado. Nem tudo o que é radical é bom.
Pais muito autoritários, por exemplo, acabam gerando filhos tímidos e com pouca criatividade. O bom senso e o meio termo dos pais é o que vai contar. Quando tem uma crise de birra, criança mal consegue ouvir o que lhe dizemos e muito menos compreender. Os pais devem ser firmes com o filho e jamais ceder ou bater na criança. Bater gera mais raiva e medo e o que os pais devem querer e saber tirar de uma criança é o respeito. Ninguém disse que seria fácil ser mãe, que o diga uma criança birrenta. Dicas Pais são pais e não amigos. Podem ser pais amigos, mas nunca devem deixar de ser pais. Sempre existe uma vovó ou um vovô para satisfazer as crianças, seja como for. Ainda bem! Brinquedo é diferente de brincadeira. A criança precisa de brincadeira com os pais e não que os pais comprem um brinquedo.
É através da brincadeira que os pais impõem limites, dão carinho, atenção e amor. Até os três anos de idade a criança entende mais uma a ação do que uma ordem. Quando disser “não mexa” também retire a mão da criança do lugar inadequado.

fonte:guiadobebe. uol.com

"Datas comemorativas".



Maio


01- Celebração da segunda missa no Brasil (1500)Cerimônia de posse da terra por Cabral (1500)Dia da Literatura Brasileira


Dia do Trabalho


Dia Internacional dos Trabalhadores


02- Dia Nacional do Ex-combatente


03- Dia do Parlamento


Dia do Pau-brasil


Dia do Sertanejo


Dia do Sol


Dia Mundial da Liberdade de Imprensa


05- Dia de Rondon


Dia do Campo


Dia do Expedicionário


Dia Nacional das Comunicações


06 -Dia do Cartógrafo


Dia do Taquígrafo


Dia Nacional da Matemática


07- Dia da Saúde Ocular


Dia do Oftalmologista


Dia do Silêncio


08- Dia da Cruz Vermelha


Dia do Artista Plástico


10- Dia da Cavalaria


Dia da Cozinheira


Dia do Guia de Turismo


Dia Mundial das Vocações


Dias das Mães


11-Dia das Comunicações Sociais


12-Dia da Enfermagem


Dia do Enfermeiro


Dia do Engenheiro Militar


13- Dia da Abolição da Escravatura no Brasil (1888)


Dia da Estrada de Rodagem


Dia da Fraternidade Brasileira


Dia do Automóvel


Dia do Zootecnista


14- Dia Continental do Seguro


Dia do Segurador


15- Dia do Assistente Social


Dia do Combate à Infecção Hospitalar


Dia do Gerente Bancário


Dia Internacional da Família


16- Dia do Faxineiro


Dia do Gari


17- Dia Mundial da Internet


Dia Mundial das Comunicações


Dia Mundial das Telecomunicações


18- Dia das Raças Indígenas da América


Dia do Vidreiro


Dia Internacional dos Museus

Dia do combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolecentes

21- Dia da Língua Nacional


Dia Mundial do Desenvolvimento Cultural


22- Dia do Apicultor


Dia do Economiário


Dia Internacional das Diversidades Biológicas


23- Dia da Juventude Constitucionalista


Dia Internacional das Comunicações Sociais


24- Dia da Batalha de Tuiuti (1866)


Dia da Infantaria (Exército brasileiro)


Dia do Café


Dia do Datilógrafo


Dia do Detento


Dia do Telegrafista


Dia do Vestibulando


25- Dia da África


Dia da Costureira


Dia da Indústria


Dia do Industrial


Dia do Massagista


Dia do Trabalhador Rural


Dia Nacional da Adoção


26- Dia das Vocações Sacerdotais


Dia do Revendedor Lotérico


27- Dia da Mata Atlântica


Dia do Profissional Liberal


Dia Mundial dos Meios de Comunicação


28- Dia da Saúde


Dia do Ceramista


Dia do Gráfico


29- Dia do Estatístico


Dia do Geógrafo


Dia do Sociólogo


30- Dia da Recordação


Dia do Decorador


Dia do Geólogo


31- Dia da Juventude Luterana do Brasil


Dia do Enxadrista


Dia do(a) Comissário(a) de Bordo


Dia Mundial de Combate ao Fumo.

sábado, 9 de maio de 2009

Homenagem a minha "Mãe".


Mãe...


Nesse seu dia quero lhe dizer:


Obrigado por ter me trazido ao mundo.


Obrigado por ter me criado.


Obrigado por ter me dado educação.


Obrigado por ter me guiado pelo caminho do bem,da justiça e da caridade.


Obrigado por ter me ensinado que com Cristo se vai longe.


Obrigado por ter me dito, um dia, que tudo que se faz, deve ser feito com amor e dedicação.


Obrigado por me dizer que só grandes e boas palavras não bastam,mas que é preciso grandes e bons exemplos.




Créditos: Cantinho dos amigos e scraps.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Reflexão "Nossas asas"


Certo dia, um anjo ajoelhou-se aos pés de Deus e falou:“Senhor... visitei sua criação como pediu.Fui a todos os cantos; estive no sul, no norte, leste e oeste.Vi e fiz parte de todas as coisas.Observei cada uma de suas criaturas humanas.E por ter visto, vim até o Senhor...para tentar entender. Porque?Por que cada uma das pessoas sobre a terra tem apenas uma asa? Nós anjos temos duas...podemos ir até o amor que o Senhor representa,sempre que desejarmos.Podemos voar para a liberdade sempre que quisermos. Mas os humanos...com sua única asa, não podem voar!”E Deus respondeu:- “Eles podem voar sim, meu anjo. Dei aos humanos...apenas uma asa para que eles pudessem voar mais e melhor que Eu ou vocês, meus arcanjos...Para voar, meu amigo...você precisa de suas duas asas...Embora livre, sempre estará sozinho.Talvez da mesma maneira que Eu...Mas os humanos...com sua única asa precisarão sempre dar as mãos para alguém, a fim de terem suas duas asas. Cada um tem, na verdade, um par de asas.Uma outra asa, em algum lugar do mundo, que completa o par. Assim, eles aprenderão a respeitarem-se...pois ao quebrar a única asa de outra pessoa,podem estar acabando com suas próprias chances de voar. Assim, meu anjo, aprenderão a amar verdadeiramente outra pessoa. Aprenderão que somente permitindo-se amar, eles poderão voar.Tocando a mão de outra pessoa, em um abraço amigo e afetuoso, eles poderão encontrar a asa que lhes falta... e poderão finalmente voar.Somente através do amor irão chegar até onde estou. Assim como você, meu anjo. E nunca, nunca mais...estarão sozinhos quando forem voar.”

Créditos: Texto retirado da net

quinta-feira, 30 de abril de 2009

"Eu amo meu blog"






Falar que blog é um diário, isso não é mais verdadeiro, embora muitos sejam escritos diariamente e contenham coisas do seu dia-a-dia, porém não conserva mais a essência desta definição. Na verdade, acredito não ser necessário tentar definir o que venha a ser um blog, pois blog foi feito para ser “curtido”, aproveitado, lido, comentado, participado, interagido e tantos quantos outros adjetivos surjam.
Na linguagem popular, blog é tudo de bom.
Você pode dar a sua opinião sem se importar se as pessoas que leem vão concordar ou não com você. Se elas concordarem, maravilha! Se não concordarem, não tem importância, você continua a postar assim mesmo.
Você tem liberdade para opinar sobre os mais diferentes assuntos, você pode reproduzir o texto que leu e gostou, sempre respeitando a autoria e mencionando os devidos créditos, é claro.
Pode postar o vídeo da sua preferência, a charge que mais lhe marcou, a piada que fez você rir muito, a foto do melhor passe feito pelo craque do seu time, bem como a foto do seu cachorro quando ele tinha apenas quarenta dias, e mais uma imensidão de outros recursos e opções que estão à disposição a apenas um clic.
Podemos dizer que o blog tem magia, tem energia, tem imã porque quando você se identifica com um determinado blog, você se torna fiel a ele e fica feliz quando ao acessá-lo percebe que têm novidades. Você acaba se apaixonando por determinados blogs a ponto de não conseguir ficar um dia sem acessá-lo, mesmo que seja para ler uma postagem antiga.
Gostar de escrever, de atualizar, de colocar novidades no blog também é contagioso, pois este vírus acaba tomando conta do indivíduo e ele passa a agir igual à maioria dos blogueiros. Depois de colocado um post entra-se diversas vezes só para apreciar e ver se ficou realmente bom, se falta uma vírgula aqui, se sobra uma vírgula ali. No momento em que terminou a obra, então entra o momento divulgação e se sai falando para todo mundo: - tem novidade no meu blog, não deixem de ler o post de hoje. Passem no meu blog, leiam, e deixem sua opinião.
Sobre o blog tenho a dizer mais uma coisa: Que bom que você existe! Que bom que eu criei um para mim também!
Se você também tem um blog e sente algum desses sintomas, se junta a nós, blogueiros de corpo e alma e deixe um recado – só para não perder o hábito.

Créditos: Cybele Meyer.

28 de abril "Dia da Educação" Nada pode deter o BRASIL, o Brasil somos nós!!!


Um país para se evoluir necessita de uma educação de qualidade como um dos principais pontos de partida, fato esse considerado meio que distante da realidade brasileira. Apesar disso, o Governo Federal, com o objetivo de melhorar a educação no Brasil, criou o PDE (Plano de Desenvolvimento da Educação).

A principal finalidade do PDE é oferecer educação básica de qualidade a todos os indivíduos, realizando investimentos na educação profissional e superior, visto que apresentam uma relação íntima, envolvendo um trabalho em conjunto, no qual pais, alunos, professores e gestores visem o sucesso e a permanência do aluno na escola.

A própria LDB – 9394/96(Lei de Diretrizes e Base), sancionada pelo presidente Fernando Henrique Cardoso juntamente com o ministro da educação, Paulo Renato, em 1996, foi baseada no princípio do direito universal que rege a educação para todos, bem como uma série de mudanças voltadas para a garantia da educação básica.

Um país não progride com uma educação precária, todas as pessoas necessitam e devem ter acesso à, no mínimo, educação básica. A aprovação da LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação) propiciou grande avanço no sistema de educação de nosso país, visando que a escola se torne um espaço de participação social, valorizando a democracia, o respeito, a pluralidade cultural e a formação do cidadão, dando mais vida e significado para os estudantes.

O PDE surgiu com várias intenções, uma delas foi a inclusão das metas de qualidade para a educação básica, fazendo parte destas, no sentido de contribuir para que escolas e secretarias de educação se organizem no atendimento aos alunos e, conseqüentemente, criem uma base sobre a qual as famílias possam se apoiar para exigir uma educação de maior qualidade. O plano ainda prevê acompanhamento e assessoria aos municípios com baixos indicadores de ensino, em busca de melhorar a educação no país.

Vale ressaltar que a evolução da educação no país requer a participação intensiva da sociedade e um plano de desenvolvimento para educação que deve ser mais que um projeto voltado para nível de governo federal, mas sim de todos os cidadãos que fazem parte da nação.

Educação é direito de todos e lutar por ela deve ser uma obrigação de todos os cidadãos. Um país precisa do seu povo como companheiro fiel na luta por melhores oportunidades e condições de vida, principalmente em busca da redução da taxa de analfabetismo, que segundo pesquisas tem apresentado uma queda constante, porém, ainda presente em grande número e em diversas regiões do país.

Créditos: Elen Cristine M. Campos Caiado. Graduada em Pedagogia e Fonoaudiologia Equipe Brasil Escola.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Reflexão. "Mães Más" É na educação dos filhos que se revelam as virtudes dos pais.(Coelho Neto).


Um dia, quando os meus filhos forem crescidos o suficiente para entenderem a lógica que motiva os pais e as mães, eu hei de dizer-lhes:"

Eu os amei o suficiente para ter perguntado: onde vão, com quem vão e a que horas regressarão".

Eu os amei o suficiente para não ter ficado em silêncio, e fazer com que eles soubessem que aquele novo amigo não era boa companhia.

Eu os amei o suficiente para fazê-los pagar pelas balas que tiraram da mercearia, ou revistas do jornaleiro, e os fazer dizer ao dono: "Nós pegamos isto ontem e queríamos pagar".

Eu os amei o suficiente para ter ficado em pé duas horas junto deles, enquanto limpavam o quarto: tarefa que eu teria feito em 15 minutos.

Eu os amei o suficiente para deixá-los ver além do amor que eu sentia por eles, o desapontamento e também as lágrimas nos meus olhos.

Eu os amei o suficiente para deixá-los assumir a responsabilidade das suas ações, mesmo quando as penalidades eram tão duras que me partiam o coração.

Mais do que tudo, eu os amei o suficiente para dizer-lhes NÃO, quando eu sabia que poderiam me odiar por isso - e em alguns momentos até me odiaram.

Essas eram as mais difíceis batalhas de todas.

Estou contente, venci... porque no final eles venceram também!

E qualquer dia, quando meus netos forem crescidos o suficiente para entenderem a lógica que motiva os pais e as mães, meus filhos vão lhes dizer, quando eles lhes perguntarem se a sua mãe era má: "Sim... Nossa mãe era má! Era a mãe mais má do mundo..."

As outras crianças comiam doces no café da manhã, e nós tínhamos de comer cereais, ovos e torradas.

As outras crianças bebiam refrigerantes, comiam batatas fritas e sorvete no almoço, e nós tínhamos que comer arroz, feijão, carne, legumes e frutas.

E ela obrigava-nos a jantar à mesa, bem diferente das outras mães, que deixavam os filhos comerem vendo televisão.

Ela insistia em saber onde nós estávamos a toda hora - tocava nosso celular de madrugada.

Era quase uma prisão; mamãe tinha que saber quem eram os nossos amigos e o que eles faziam.

Insistia que lhe disséssemos com quem íamos sair, mesmo que demorasse só uma hora ou até menos.

Nós tínhamos vergonha de admitir, mas ela violou as leis de trabalho infantil.

Nós tínhamos que tirar a louça da mesa, arrumar nossas bagunças, esvaziar o lixo e todo o tipo de trabalhos que achávamos cruéis.

Eu acho que ela dormia à noite, pensando em coisas para nos mandar fazer.

Ela insistia sempre conosco para lhe dizermos a verdade, e apenas a verdade.

E quando éramos adolescentes, ela até conseguia ler nossos pensamentos.

A nossa vida era mesmo chata.

Ela não deixava os nossos amigos tocarem a buzina para que nós saíssemos.

Tinham que subir, bater à porta para ela os conhecer.

Enquanto todos podiam voltar à noite com 12, 13 anos, nós tivemos de esperar pelos 16 para chegar mais tarde, e aquela "chata" levantava para saber se a festa foi boa - só para ver como estávamos ao voltar.

Por causa de mãe, nós perdemos algumas experiências da adolescência.

Nenhum de nós esteve envolvido com drogas, em roubos, atos de vandalismo, violação de propriedade, nem fomos presos por nenhum crime.

Foi tudo por causa dela.

Agora que já somos adultos, honestos e educados, estamos fazendo o nosso melhor para sermos "Pais Maus", tal como a nossa mãe foi.

Eu acho que é um dos males do mundo de hoje: não há suficientes"MÃES MÁS".

A todas as "Mães más" do mundo, um merecido e carinhoso... Feliz Dia das Mães!!!

créditos: Dr. Carlos Hechtheuer. (médico psiquiatra).

sábado, 25 de abril de 2009

Minha Herança: "Uma Flor".


Achei você no meu jardim entristecido

Coração partido

Bichinho arredio

Peguei você pra mim

Como a um bandido

Cheio de vícios

E fiz assim, fiz assim:




Reguei com tanta paciência

Podei as dores, as mágoas, doenças

Que nem as folhas secas vão embora

Eu trabalhei




Fiz tudo, todo o meu destino

Eu dividi, ensinei de pouquinho

Gostar de si, ter esperança e persistência sempre




A minha herança pra você

É uma flor com um sino, uma canção

Um sonho em uma árvore ou uma pedra

Eu deixarei




A minha herança pra você é o amor

Capaz de fazê-lo tranqüilo, pleno

Reconhecendo no mundo o que há em si


E hoje nos lembramos sem nenhuma tristeza

Dos foras que a vida nos deu

Ela com certeza

Estava juntando você e eu


Achei você no meu jardim



Créditos: Vanessa da Mata.

Reflexão. "Sou resposável pela paz..."



Se direciono correta e construtivamente os poderes da minha mente.

Se concedo ao meu semelhante o direito pleno de se expressar, de acordo com o seu próprio entendimento das verdades da vida.

Se reconheço que os meus direitos cessam quando se iniciam os direitos de outros, e aceito isso como um mínimo indispensável de disciplina.

Se faço uso dos poderes interiores para criar as minhas próprias oportunidades.

Se consigo promover a evolução dos que me cercam, sem considerar ameaçada a minha posição, e entendo que esta é a minha maior fonte de sucesso.

Se compreendo que as Leis Divinas diferem das criadas pelo Homem, e que nenhum direito divino especial é concedido a alguém unicamente por seu berço.

Se reconheço que os recursos naturais devem servir indistintamente a todas as formas de vida, e que não me cabem direitos exclusivos sobre eles.

Se compreendo que nada é mais livre do que o pensamento e que o pensamento construtivo transforma o Homem, direcionando-o à sua verdadeira meta.

Se sinto que toda felicidade depende do simples fato de existir... de estar de bem com a vida.

Se percebo que todo ser humano pode vir a ser um grato amigo, quando convencido pela argumentação sincera.

Se considero que "a Alma de Deus adquire personalidade no Homem", e que este só pode conceber DEUS a partir de sua própria percepção da Divindade.

Se reconheço a mim e ao meu semelhante como partes integrantes do universo e que a cada um cabe a busca do lugar onde melhor possa servir.

Sou responsável pela guerra...Sou responsável pela “PAZ.”


Crédito: Desconheço a autoria.

Reflexão. "Sou responsável pela guerra"...


Quando orgulhosamente faço uso da minha inteligência para prejudicar o meu semelhante.
Quando menosprezo as opiniões alheias que diferem das minhas próprias.
Quando desrespeito os direitos alheios.
Quando cobiço aquilo que uma outra pessoa conseguiu honestamente.
Quando abuso da minha superioridade de posição privando outros de sua oportunidade para progredir.
Quando considero apenas a mim próprio e a meus parentes pessoas privilegiadas.
Quando me concedo direitos para monopolizar recursos naturais.
Quando acredito que outras pessoas devem pensar e viver da mesma maneira que eu.
Quando penso que sucesso na vida depende exclusivamente do poder da fama e da riqueza.
Quando penso que a mente das pessoas deve ser dominada pela força e não educada pela razão.
Quando acredito que o DEUS de minha concepção é aquele em que os outros devem acreditar.
Quando penso que o país em que nasce o indivíduo deve ser necessariamente o lugar onde ele tem de viver.
Créditos: Desconheço a autoria.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

"A Maior Bronca que já Levei". Vamos fazer a diferença?




Tínhamos uma aula de Fisiologia na escola de medicina logo após a semana da Pátria. Como a maioria dos alunos havia viajado aproveitando o feriado prolongado, todos estavam ansiosos para contar as novidades aos colegas e a excitação era geral. Um velho professor entrou na sala e imediatamente percebeu que iria ter trabalho para conseguir silêncio. Com grande dose de paciência tentou começar a aula, mas você acha que minha turma correspondeu?

Que nada. Com um certo constrangimento, o professor tornou a pedir silêncio educadamente. Não adiantou, ignoramos a solicitação e continuamos firmes na conversa. Foi aí que o velho professor perdeu a paciência e deu a maior bronca que eu já presenciei."Prestem atenção porque eu vou falar isso uma única vez", disse, levantando a voz e um silêncio carregado de culpa se instalou em toda a sala e o professor continuou."

Desde que comecei a lecionar, isso já faz muito anos, descobri que nós professores, trabalhamos apenas 5% dos alunos de uma turma. Em todos esses anos observei que de cada cem alunos, apenas cinco são realmente aqueles que fazem alguma diferença no futuro; apenas cinco se tornam profissionais brilhantes e contribuem de forma significativa para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Os outros 95% servem apenas para fazer volume; são medíocres e passam pela vida sem deixar nada de útil.

O interessante é que esta percentagem vale para todo o mundo. Se vocês prestarem atenção notarão que de cem professores, apenas cinco são aqueles que fazem a diferença; de cem garçons, apenas cinco são excelentes; de cem motoristas de táxi, apenas cinco são verdadeiros profissionais; e podemos generalizar ainda mais: de cem pessoas, apenas cinco são verdadeiramente especiais.

É uma pena muito grande não termos como separar estes 5% do resto, pois se isso fosse possível, eu deixaria apenas os alunos especiais nesta sala e colocaria os demais para fora, então teria o silêncio necessário para dar uma boa aula e dormiria tranqüilo sabendo ter investido nos melhores.

Mas, infelizmente não há como saber quais de vocês são estes alunos. Só o tempo é capaz de mostrar isso. Portanto, terei de me conformar e tentar dar uma aula para os alunos especiais, apesar da confusão que estará sendo feita pelo resto. Claro que cada um de vocês sempre pode escolher a qual grupo pertencerá. Obrigado pela atenção e vamos à aula de ...".

Nem preciso dizer o silêncio que ficou na sala e o nível de atenção que o professor conseguiu após aquele discurso. Aliás, a bronca tocou fundo em todos nós, pois minha turma teve um comportamento exemplar em todas as aulas de Fisiologia durante todo o semestre; afinal quem gostaria de espontaneamente ser classificado como fazendo parte do resto ?

Hoje não me lembro muita coisa das aulas de Fisiologia, mas a bronca do professor eu nunca mais esqueci. Para mim, aquele professor foi um dos 5% que fizeram a diferença em minha vida. De fato, percebi que ele tinha razão e, desde então, tenho feito de tudo para ficar sempre no grupo dos 5%, mas, como ele disse, não há como saber se estamos indo bem ou não; só o tempo dirá a que grupo pertencemos.


Contudo, uma coisa é certa:se não tentarmos ser especiais em tudo que fazemos,se não tentarmos fazer tudo o melhor possível,seguramente sobraremos na turma do resto.

Autor desconhecido