O senhor é meu pastor e nada me faltará...


anjos - Recados Para Orkut

"Educar com amor".

"Educar com amor".

Um cantinho especial para uma boa e agradável conversa!!!

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

"Pérolas de Nelson Mandela".


"Não é valente o que não tem medo, mas sim o que sabe dominá-lo." [Nelson Mandela]

"Democracia com fome, sem educação e saúde para a maioria, é uma concha vazia." [Nelson Mandela]

"Depois de escalar uma montanha muito alta, descobrimos que há muitas outras montanhas por escalar." [Nelson Mandela]

"Sonho com o dia em que todos levantar-se-ão e compreenderão que foram feitos para viverem como irmãos." [Nelson Mandela]

"Eu faço tudo isso em nome dos princípios morais, segundo os quais não podemos abandonar aqueles que nos ajudaram nos momentos mais sombrios da história do nosso país." [Nelson Mandela]

"Ainda há gente que não sabe, quando se levanta, de onde virá a próxima refeição e há crianças com fome que choram." [Nelson Mandela]

"Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender e, se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar." [Nelson Mandela]

"A luta é minha vida." [Nelson Mandela]

"Se existe sonhos sobre uma bela África do Sul, há também estradas que levam a este objetivo. Duas destas estradas podem ser chamadas Bondade e Clemência. " [Nelson Mandela]

"Nunca, nunca e nunca de novo esta bela terra experimentará de novo a opressão de um sobre o outro." [Nelson Mandela]

"Cultivo minha própria liberdade carinhosamente, mas cuido ainda mais da nossa liberdade. Tantos têm morrido desde que deixei a prisão. Tantos têm sofrido pelo amor à liberdade. Devo isso às suas viúvas, aos seus órfãos, às suas mães e aos seus pais, que enlutaram e sofreram por eles." [Nelson Mandela]

"Sonho com uma Africa em paz consigo mesma." [Nelson Mandela]

"Quando deixamos nossa luz própria brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas permissão para fazer o mesmo." [Nelson Mandela]

"Será que alguém realmente pensa que eles não conseguiram o que queriam porque não tinham o talento ou a força ou a tolerância do comprometimento?" [Nelson Mandela]

"A educação é a mais poderosa arma pela qual se pode mudar o mundo." [Nelson Mandela]

"Comenta-se que ninguém de fato conhece uma nação até que se veja numa de suas prisões. Uma nação não deveria ser julgada pela forma que trata seus mais ilustres cidadãos, mas como trata os seus mais simplórios." [Nelson Mandela]

"Não há revelação mais aguçada do espírito de uma sociedade do que a forma pela qual ela trata seus filhos." [Nelson Mandela]

"Aprendi que a coragem não é a ausência do medo, mas o triunfo sobre ele. O homem corajoso não é aquele que não sente medo, mas o que conquista esse medo." [Nelson Mandela]

"Não há nada como retornar para um lugar que permanece inalterado para encontrar as formas pelas quais você mesmo mudou." [Nelson Mandela]

"Não há mais caminho fácil para a liberdade em lugar algum, e muitos de nós têm que atravessar o vale das sombras da morte de novo e de novo antes de alcançarmos o topo da montanha de nossos desejos." [Nelson Mandela]

"O dinheiro não vai gerar o sucesso, a liberdade para gerá-lo o fará." [Nelson Mandela]

"Uma boa cabeça e um bom coração são sempre uma formidável combinação." [Nelson Mandela]

"Se você falar com um homem numa linguagem que ele compreende, isso entra na cabeça dele. Se você falar com ele em sua própria liguagem, você atinge seu coração." [Nelson Mandela]

"Deixe a liberdade reinar. O sol nunca brilha tão glorioso como diante de uma conquista humana." [Nelson Mandela]
Nelson Mandela

Créditos: Pensador.info

"Nosso maior medo". (Nelson Mandela).


20 de novembro “Dia da consciência NEGRA”

“Nosso maior medo não é sermos inadequados. Nosso maior medo é não saber que nós somos poderosos, além do que podemos imaginar.
É a nossa luz, não nossa escuridão, que mais nos assusta. Nós nos perguntamos: “Quem sou eu para ser brilhante, lindo, talentoso, fabuloso?”.
Na verdade, quem é você para não ser? Você é um filho de Deus.
Você, pensando pequeno, não ajuda o mundo. Não há nenhuma bondade em você se diminuir, recuar para que os outros não se sintam inseguros ao seu redor.
Todos nós fomos feitos para brilhar, como as crianças brilham. Nós nascemos para manifestar a glória de Deus dentro de nós. Isso não ocorre somente em alguns de nós; mas em todos.
Enquanto permitimos que nossa luz brilhe, nós, inconscientemente, damos permissão a outros para fazerem o mesmo.
Quando nós nos libertamos do nosso próprio medo, nossa presença automaticamente libertará outros.”

By Nelson Mandela, no discurso de posse
como presidente da África do Sul.

Créditos:Pensador.info

Dia da Consciência Negra. Zumbi dos Palmares: Um herói brasileiro


História do Dia da Consciência Negra, cultura afro-brasileira, quem foi Zumbi dos Palmares.

História do Dia Nacional da Consciência Negra.


Esta data foi estabelecida pelo projeto lei número 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. Foi escolhida a data de 20 de novembro, pois foi neste dia, no ano de 1695, que morreu Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares.
A homenagem a Zumbi foi mais do que justa, pois este personagem histórico representou a luta do negro contra a escravidão, no período do Brasil Colonial. Ele morreu em combate, defendendo seu povo e sua comunidade. Os quilombos representavam uma resistência ao sistema escravista e também um forma coletiva de manutenção da cultura africana aqui no Brasil. Zumbi lutou até a morte por esta cultura e pela liberdade do seu povo.

Importância da data.

A criação desta data foi importante, pois serve como um momento de conscientização e reflexão sobre a importância da cultura e do povo africano na formação da cultura nacional. Os negros africanos colaboraram muito, durante nossa história, nos aspectos políticos, sociais, gastronômicos e religiosos de nosso país. É um dia que devemos comemorar nas escolas, nos espaços culturais e em outros locais, valorizando a cultura afro-brasileira.
A abolição da escravatura, de forma oficial, só veio em 1888. Porém, os negros sempre resistiram e lutaram contra a opressão e as injustiças advindas da escravidão.
Vale dizer também que sempre ocorreu uma valorização dos personagens históricos de cor branca. Como se a história do Brasil tivesse sido construída somente pelos europeus e seus descendentes. Imperadores, navegadores, bandeirantes, líderes militares entre outros foram sempre considerados heróis nacionais. Agora temos a valorização de um líder negro em nossa história e, esperamos, que em breve outros personagens históricos de origem africana sejam valorizados por nosso povo e por nossa história. Passos importantes estão sendo tomados neste sentido, pois nas escolas brasileiras já é obrigatória a inclusão de disciplinas e conteúdos que visam estudar a história da África e a cultura afro-brasileira.

Créditos: Sua pesquisa .com